CONTACTOS
Sociedade Portuguesa de Medicina Interna
Rua da Tobis Portuguesa, nº8 - 2º sala 9
1750 - 292 Lisboa
217 520 570 / 217 520 578
Fax 217 520 579
Apresentação
Nas últimas décadas, a nível mundial, a Medicina tem percorrido um caminho de especialização e de diferenciação do conhecimento médico. Este apelo à especialização também se fez sentir nos hospitais portugueses, no entanto, em 2014, a Medicina Interna continua a ser estoicamente um dos pilares da Medicina Hospitalar nacional. Em consequência da sua abrangência e polivalência, a Medicina Interna (MI) corre o risco de muitas vezes ver a sua actividade na dinâmica hospitalar subvalorizada. Para ultrapassar este risco é essencial que se demonstre em estudos esclarecedores a sua importância e o seu papel vital no Sistema de Saúde Português.

Com este intuito, dentro da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI), sente-se a necessidade de responder a questões tão simples como: “Quantos somos?”; “Quem somos?”; “Onde estamos?”; “O que fazemos?”; “Para onde vamos?” ou “Qual o papel da SPMI no desenvolvimento da especialidade?”. Surge então o projecto “CAMINHOS DA MEDICINA INTERNA”, que pretende ser um retrato objectivo e imparcial da actividade da Medicina Interna portuguesa, bem como uma reflexão acerca das ameaças e desafios que a especialidade enfrenta. Este poderá vir a ser um importante documento de trabalho para definir linhas orientadoras para o futuro da Medicina Interna portuguesa. O Projecto “CAMINHOS DA MEDICINA INTERNA” é um estudo da responsabilidade e financiado pela SPMI. A sua divulgação passará principalmente pela publicação dos resultados obtidos no site da SPMI. Foi criado um canal de comunicação para todos os interessados através do endereço
caminhosmedinterna@spmi.pt.

Dada a abrangência e complexidade de informação que se pretende recolher com este projecto, o estudo “CAMINHOS DA MEDICINA INTERNA” vai desenvolver-se em diversas fases que podem decorrer em simultâneo.

 I. Fóruns de Reflexão:
 Realização de espaços de debate, onde exista a oportunidade de discutir pontos-chave para o futuro da Medicina Interna nacional. O primeiro já teve lugar no dia 15 de Fevereiro em Coimbra sobre a temática “Diferenciação em Medicina Interna”.
Estes Fóruns têm como objectivo final a produção de documentos com as principais conclusões retiradas, que se pretende que sejam documentos de consenso para os caminhos futuros a tomar pela Medicina Interna portuguesa.

 II. Painel de Peritos:
Que caminhos para a Medicina Interna Portuguesa?
Constituição de um painel de opinião que vai ser convidado a identificar os riscos e oportunidades para o futuro da Medicina Interna Portuguesa, bem como a delinear linhas prioritárias de acção da SPMI a curto e médio prazo, de forma a promover e fortalecer esta especialidade. Este painel vai ser consultado utilizando a metodologia de Painel de Delphi.

 III. Caracterização dos Serviços de Medicina Interna Portugueses
Recolha da informação necessária para identificar e caracterizar sumariamente a estrutura dos Serviços de Medicina Interna portugueses, bem como quantificar a actividade assistencial, formativa e científica desenvolvida por estes mesmos serviços, de forma a avaliar o peso da actividade destes serviços na Medicina Hospitalar portuguesa.
A principal fonte de dados constará de um questionário a ser enviado aos Directores de Serviço. O preenchimento deste questionário poderá ser efectuado em papel e posteriormente enviado para a SPMI, ou em alternativa num ficheiro digital a ser enviado para o endereço caminhosmedinterna@spmi.pt.

 IV. Caracterização do Internista Português
Recolha de informação que permita caracterizar a actividade do Internista tipo português, bem como avaliar o grau de satisfação profissional que este apresenta. A fonte de dados constará de um questionário a ser efectuado em formato digital no portal do estudo. Será utilizada metodologia que garanta o anonimato dos participantes no estudo.

 V. Retrato do Internamento de Medicina Interna
Esta vertente do projecto “Caminhos da Medicina Interna” tem por objectivo fazer um retrato da tipologia dos doentes que se encontram internados numa enfermaria de Medicina Interna portuguesa.
Todos os SMI serão convidados a participar. Será efectuado um estudo transversal onde serão incluídos todos os doentes internados nos SMI participantes. Em cada um deles serão avaliados dados demográficos, diagnósticos, comorbilidades e outras informações que se julguem importantes.
Optimizado para Internet Explorer 7+, Firefox 2+, Safari 3+
Resolução minima de 1024 x 768
© 2014 - Sociedade Portuguesa de Medicina Interna
desenvolvimento b-online.pt